Como aproveitar o Design Thinking em sua comunicação

A capacidade criativa desses profissionais é importante, mas é necessário pensar em usar a criatividade de uma maneira que também atenda às necessidades dos clientes. Atualmente, é preciso pensar em desenvolver produtos focados não apenas nas necessidades do usuário, mas nos seus desejos e limitações.

É desta forma que aparece o Design Thinking. Uma metodologia que ajuda a melhorar a comunicação empresarial com o cliente, porque pensa como o outro. Ou seja, tenta se colocar no lugar do cliente quando um projeto está em fase de desenvolvimento.

A utilização do método traz muitos benefícios às empresas e é enorme. Esse método tem como conceito a busca por soluções inovadoras para os problemas e que sejam focadas nas necessidades reais do mercado e não em pressuposições estatísticas.

O que é Design Thinking?

Alguns especialistas não gostam de se referir ao Design Thinking como uma metodologia. O termo utilizado por eles é abordagem. Para os profissionais da área, esse tipo de conceito busca uma solução criativa para diversos tipos de problema. Tudo funciona de forma coletiva e colaborativa para que resultados sejam obtidos de forma satisfatória.

Segundo os profissionais da área, ao tratar o Design Thinking como método, é como se estivéssemos nas mãos uma fórmula matemática que pode ser aplicada em qualquer tipo de problema.

Por entender que cada projeto e cada cliente são diferentes e individuais, esse tipo de design é livre para pensar, utilizando estratégias próprias para cada caso. O objetivo da abordagem é encontrar soluções para os problemas e resolver desafios com inovação, sem apelar para algo que já existe ou que foram utilizados diversas vezes. Na nossa proposta, os desafios devem ser encarados de maneira subjetiva, analisando as suas especificações e forma criativa.

Qual empresa pode usar a abordagem?

O Design Thinking é utilizado em diferentes tipos de empresas, de qualquer setor e segmento. Entretanto, a ação precisa ter como principal foco as pessoas. Todas as empresas que adotam o Design Thinking são conhecidas por se preocuparem realmente com o que o seu cliente precisa. Ou seja, o consumidor e as suas necessidades são o principal motivo de existir o Design Thinking.

Nestes casos, que envolvem o cliente, são considerados os respectivos contextos culturais e sociais. Somente após essa análise é possível traçar uma solução que atenda a demanda do consumidor. 

Para empresas que adotam a abordagem a satisfação do cliente é primordial, ficando em segundo plano a venda e o lucro. A lucratividade vem em consequência da empatia. É isso também que fideliza o cliente e o que faz confiar plenamente na empresa.

Ou seja, primeiro, o Design Thinking resolve as dores dos clientes da maneira que lhe atenda da melhor forma.

Para isso, o Design conta com cinco fases:

  • Imersão: quando tem empatia com seu público e sabe compreender suas dores;
  • Análise e síntese: saber exatamente qual problema deve ser resolvido;
  • Ideação: ter ideias criativas e inovadoras que possam solucionar o problema;
  • Prototipação: simular produto/serviço final que realmente atendam ao público;
  • Validação e implementação: testar até que o produto seja colocado em prática.

Quais são as vantagens do Design Thinking?

Empresas que utilizam a abordagem não só conseguem vender, como também fidelizam os seus clientes. Isso porque as corporações que pensam em soluções apropriadas para os seus clientes apresentam soluções eficientes porque conhecem o perfil do seu público-alvo e sabe o que pensa, deseja e quer. 

Desta forma, tudo é feito com maior rapidez para os seus clientes. Essa eficiência é um diferencial e ajuda o cliente durante as suas jornadas com a marca.  

A estratégia que tem como foco a pessoa, utiliza muito a criatividade, permitindo a inovação no atendimento e na prestação de serviço ao cliente. Todas as atitudes usadas por meio do Design Thinking fortalecem o relacionamento da empresa com os consumidores. 

A abordagem torna as empresas mais engajadas, proporcionando experiências que são realmente significativas para seus clientes.

Inovação e novas oportunidades

Além de conquistar clientes com a abordagem, as empresas passam a encontrar novos caminhos para inovar, a fim de ampliar o seu espaço no mercado, sendo uma referência no segmento em que atua.

Para chegar a isso, a empresa deve conhecer a si mesma e aos seus consumidores. Isso pode ser feito por meio de estudos e pesquisa de mercado. Desta maneira, saberá onde e como expandir, além de desenvolver o produto e serviços certos para o seu consumidor.

Há muitas vantagens no Design Thinking que toda empresa deveria aproveitar para não apenas vender, mas conquistar clientes.